Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Editora Mulheres

Editora Mulheres

22/06/16

Queda de cabelo tem solução?

Principais incômodos físicos nos homens

As pessoas devem cuidar de sua aparência. No caso dos homens, os principais problemas são a formação de olheiras ("bolsas" abaixo dos olhos), desenvolvimento de "papo", deformação do nariz e queda dos cabelos.

Alopecia universal

A alopecia universal é uma doença autoimune que pode afetar qualquer pelo do corpo, inclusive sobrancelhas. Muitos médicos cogitam que essa alopecia é originada pelo estresse.

Alopecia areata

A alopecia areata também é uma doença autoimune que provoca a queda capilar em partes específicas, gerando grandes falhas nos pelos ou cabelos. Nesse caso, os médicos acreditam que a causa possa estar relacionada ao consumo de trigo (sempre considerado em se tratando de problemas autoimunes) e ao estresse.

Influência da dihidrotestosterona sobre a queda de cabelo

O ser humano é programado para morrer. Existem elementos no DNA que nos preparam para isso. O mesmo se aplica aos cabelos, que também são geneticamente programados para algum dia padecerem. A substância intermediária desse processo é a dihidrotestosterona (DHT).

Como controlar a queda de cabelo

Farmacologicamente, só existem duas formas para controlar a queda de cabelo. A primeira delas consiste no uso da solução tópica de Minoxidil, que deve ser aplicada diretamente sobre o cabelo. Cabe observar que "Minoxidil" é o nome químico da substância, utilizado internacionalmente. Evidentemente, os fabricantes podem usar outras denominações.

A segunda forma é por meio do uso da Finasterida. Ambas as substâncias agem sobre a dihidrotestosterona (DHT), hormônio que afina os pelos e atrofia os folículos.

Remédios caseiros para tratar a queda de cabelo

Existe o mito de que o óleo de coco é capaz de criar uma "tampa" sobre o folículo, mas esse efeito não ocorre. Todavia, antes de dormir é recomendável aplicar óleo de coco puro sobre o couro cabeludo.

PRP

O PRP é um sangue rico em plaquetas. Primeiramente, o dermatologista deve extrair o sangue do braço do paciente e o submeter a uma centrifugação. Com isso, o PRP irá se depositar no fundo do tubo de ensaio.

Embora não se saiba exatamente como o PRP age no organismo, ele é injetado diretamente no couro cabeludo. Antes da aplicação, o paciente pode receber um creme no couro cabeludo ou tomar Benzodiazepine para ficar bem relaxado e não sentir dores. Esse procedimento é minimamente invasivo, promove o crescimento capilar e não é caro.

Transplante capilar

A solução definitiva é o transplante capilar, caracterizado pela transferência individual de folículos. Contudo, a cirurgia deve ser feita com cuidado para evitar conceder uma aparência artificial à cabeleira do paciente, além de formação de marcas de cicatrizes na região doadora dos folículos. Nos procedimentos mais modernos são utilizados robôs no processo de retirada dos folículos que serão transplantados.

Cirurgia de retalho

Na chamada cirurgia de retalho, a artéria temporal superficial é completamente percorrida por um ultrassom. Depois, cada retalho da cabeça é erguido e recolocado sobre a parte superior do couro cabeludo que estiver calva. Com isso, é possível retirar uma enorme quantidade de fios que já estão programados para cair. Logo, a aparência do cabelo se tornará mais natural, pois os fios ficarão mais próximos e menos espalhados. Entretanto, trata-se de um procedimento caro, razão pela qual muitas pessoas não realizam esse tratamento.

Texto relacionado: conheça follixin, o número 1 contra a calvície.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.